Início » A Concorrência entre as Terapias Energéticas é uma Ilusão

A Concorrência entre as Terapias Energéticas é uma Ilusão

Ouço com frequência praticantes de diferentes técnicas holísticas defendendo o seu método, ou comparando-as com outros tipos de trabalho. É natural que um bom terapeuta holístico – após atender certo número de pessoas – presencie os poderes de transformação da sua técnica, com casos de melhorias significativas. E se a pessoa age com o coração, certamente vai desejar que esses benefícios sejam estendidos para o maior número de pessoas, elevando a consciência espiritual do nosso planeta. Por estes mesmos motivos, também eu acredito nas técnicas com as quais trabalho – por presenciar as mudanças positivas que elas trazem, e nos caminho de amor e de transformação que elas abrem.

Acreditar em seu próprio trabalho é positivo, você precisa se conectar com seu trabalho com amor sempre. O equívoco está em crer que apenas o seu método é bom ou que apenas a sua técnica é eficaz. Seria afirmar que existe somente um caminho. Seria acreditar que os benefícios espirituais foram negados para todas as pessoas que não tiveram contato com sua técnica – seja por desconhecimento, distância ou por outro motivo qualquer.

O caminho da evolução pessoal e espiritual é amplo. O Universo disponibiliza ferramentas diversas para nos auxiliar. Não há concorrência. Cada grupo ou egrégora de um determinado trabalho espiritual do bem é um ponto de luz – elevando a consciência através da sua técnica e colaborando para o aumento das vibrações de amor para o planeta – auxiliando-se mutuamente.

A concorrência também não existe entre os terapeutas de uma mesma técnica, como os Mestres de Reiki, por exemplo. Quem procura um determinado Mestre de Reiki, não o fará por acaso. Pode parecer que o motivo foi externo – pela divulgação ou por indicação – mas a verdade é que sempre existe uma afinidade inconsciente. Não existem coincidências. No Universo tudo é baseado na atração.

Assim, mais do que se importar com o que os outros fazem, foque no que você tem a oferecer. Trabalhe para que – através da técnica escolhida – você possa oferecer o seu melhor para quem te procura. Faça tudo sempre com muito amor. Afinal, já diz o ditado:

Quando o discípulo está pronto, o Mestre aparece.”


Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *